Acessar o conteúdo principal
África austral

Zimbabué e Madagáscar dominaram agenda da cimeira da SADC

Dirigentes da África austral reunidos na cimeira da SADC em Windhoek a 16 de Agosto de 2010
Dirigentes da África austral reunidos na cimeira da SADC em Windhoek a 16 de Agosto de 2010 AFP/STEPHANE DE SAKUTIN

A recusa de Harare em adoptar a decisão de um tribunal regional anulando a expulsão de fazendeiros brancos por parte do regime zimbabueano esteve na ordem do dia dos dirigentes da África austral. Os ministros da justiça da comunidade dever-se-ão pronunciar ainda sobre o caso. Já no caso de Madagáscar os chefes de Estado e de governo anunciaram a abertura de um escritório na grande ilha do Oceano Indico.

Publicidade

Madagáscar continua, porém, suspenso da organização. Nesse sentido Andry Rajoelina, o homem forte malgaxe, nem sequer fora convidado para o fórum da capital namibiana.

Esta cimeira de Windhoek foi a oportunidade para Joaquim Chissano, o mediador da região, apresentar o seu relatório sobre o desenrolar das negociações.

Noutro registo os dirigentes da África austral apelaram ao levantamento das sanções contra o Zimbabué, alegando que nesta fase em que o partido do presidente, Robert Mugabe, inclui também dirigentes da oposição, nomeadamente, Morgan Tsvangirai, que agora assume funções de primeiro-ministro, tais sanções já não se justificam.

O ambiente na capital namibiana foi de festa para assinalar os trinta anos da organização regional, com vários desafios pela frente incluindo a concretização de uma Zona de comércio livre e a criação de uma União adunaeira.

Angola assumiu a vice-presidência da SADC e deverá acolher em 2011 a próxima cimeira do bloco.

Georges Chicoty, secretário de Estado angolano das relações exteriores, sintetizou à RFI as deliberações tomadas sobre o Zimbabué e Madagáscar, principais pontos debatidos sobre a questão da estabilidade na cimeira de Windhoek.

 

Georges Chicoty

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.