Acessar o conteúdo principal
ANGOLA/CABINDA

Jovens detidos em Cabinda durante visita de Delegação da UE

O enclave de Cabinda em Angola
O enclave de Cabinda em Angola globalsecurity.org

Mais de trinta jovens cabindas foram hoje  detidos, durante a visita de uma Delegação da União Europeia- UE a Cabinda, no entanto, a Governadora Provincial, Aldina da Lomba, diz  não ter conhecimento de qualquer incidente no enclave angolano.

Publicidade

O incidente ocorreu durante a  primeira visita de uma Delegação da União Europeia-UE- a Cabinda. Segundo o activista dos direitos humanos, Marcus Mavungo, cerca de trinta jovens que se manivestavam no local onde se encontravam os embaixadores da União Europeia, foram detidos pelas autoridades angolanas. Marcus Mavungo, referiu ainda, que os jovens traziam cartazes com mensagens, onde podiam ler-se  a actual situação que se vive no enclave .

Marcus Mavungo, activista dos direitos humanos de Cabinda

 

 

 

 

 

Porém, a Vice- governadora da província de Cabinda, Aldina da Lomba, disse desconhecer o incidente e avançou que os embaixadores da União Europeia não estavam sobre custódia do governo angolano.

Aldina da Lomba, Vice- governadora da Província de Cabinda

 

 

 

 

 

De referir que esta visita permitiu que embaixadores da União Europeia, credenciados em Angola, pudessem tomar contacto com o desenvolvimento económico e social da província de Cabinda, para assim poderem contribuir para o desenvolvimento do enclave angolano.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.