Acessar o conteúdo principal
África/Política

Cantor Youssou N'Dour é candidato à presidência do Senegal

O músico africano Youssou N'Dour.
O músico africano Youssou N'Dour. DR

O músico africano, mundialmente conhecido, anunciou na segunda-feira que vai concorrer às presidenciais de fevereiro próximo. Ele vai enfrentar nas urnas o atual chefe de estado Abdoulaye Wade, que aspira a um terceiro mandato.  

Publicidade

Aos 52 anos, Youssou N'Dour anunciou sua decisão de participar das eleições presidenciais em uma declaração divulgada pelo rádio e televisão do seu grupo, Futurs Mídias, sediado em Dakar.

O cantor declarou que há muito tempo os senegaleses pedem a sua candidatura e que decidiu atender ao anseio popular. "É um dever patriótico supremo", definiu N'Dour, que se coloca como uma alternativa ao atual cenário político do país. Ele também é presidente de um movimento cidadão criado em 2010, chamado na língua nacional wolof de "Fekke ma ci bollé ( "Eu estou aqui, então, eu participo" ).

Youssou N'Dour vai rivalizar nas urnas com o atual presidente Abdoulaye Wade, de 85 anos, que está há onze anos no poder e aspira a um terceiro mandato. Wade foi eleito em 2000, depois de 40 anos de governo socialista no Senegal e foi reeleito em 2007 por cinco anos. Com a mudança da Constituição, o novo mandato terá validade de sete anos.

A candidatura de Abdoulaye Wade divide a classe política senegalesa, que discorda da interpretação da Constituição: a oposição considera que os dois mandatos legais de cinco anos expiraram e que o atual chefe de estado deve ceder o poder. Já os partidários do presidente defendem que a contagem dos dois mandatos legais deve ser feita a partir de 2007, com base na Constituição de 2001.

Antes de N'Dour, cerca de vinte personalidades do mundo político e da sociedade civil anunciaram sua intenção de concorrer às presidenciais. O Conselho Constitucional deve decidir no fim deste mês a validade das candidaturas. O primeiro turno está previsto para 26 de fevereiro.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.