Acessar o conteúdo principal
Guiné-Bissau

Novas parcerias das autoridades de transição da Guiné-Bissau

Serifo Nhamadjo, Presidente de transição da Guiné-Bissau
Serifo Nhamadjo, Presidente de transição da Guiné-Bissau Liliana Henriques / RFI

Desde esta quarta-feira e durante três dias encontra-se em Bissau uma delegação de parlamentares da UEMOA, União Económica e Monetária Oeste-Africana. 

Publicidade

Durante estas 72 horas de visita, esta delegação deve avistar-se com o executivo de transição, deputados, partidos políticos bem como representantes da sociedade civil no intuito de se debruçarem sobre a situação do país desde o golpe de estado de 12 de Abril passado.

Esta visita acontece no momento em que as autoridades de transição da Guiné-Bissau acabam de obter apoios financeiros por parte da China mas igualmente do Irão onde o Presidente de transição Serifo Nhamadjo acaba de efectuar uma visita de trabalho.

De regresso a Bissau ao cabo desses três dias de viagem a Teerão, o Presidente de transição da Guiné-Bissau anunciou que o seu país vai usufruir de uma linha de crédito de mais de 20 milhões de Dólares por parte do Irão, tendo sido assinado um acordo geral de cooperação que deveria incidir nomeadamente sobre a área agrícola e a saúde.

Com a colaboração de Mussá Baldé, correspondente da RFI em Bissau

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.