Acessar o conteúdo principal
Cabo Verde

Cabo Verde é o 5° país africano mais amigo das crianças

A universalização da educação primária é um dos Objectivos do Milénio das Nações Unidas
A universalização da educação primária é um dos Objectivos do Milénio das Nações Unidas un.cv

Cabo Verde está no top 5 dos países africanos com políticas que mais salvaguardam os direitos das crianças segundo o índice divulgado este domingo pelo Fórum africano para as políticas infantis.

Publicidade

Cabo Verde é o quinto entre 52 países africanos com as políticas mais favoráveis às crianças de acordo com índice 2013 elaborado e publicado este domingo pelo Fórum africano para as políticas infantis, presidido pelo antigo chefe-de-Estado moçambicano Joaquim Chissano.

O índice estabelece uma comparação com a situação observada em 2008 concluindo que  “o continente africano tornou-se num lugar mais adequado para as suas crianças do que há cinco anos atrás” graças ao crescente investimento em sectores como a educação e a saúde e ao progresso na protecção jurídica contra os abusos infantis.

Cabo Verde subiu cinco posições relativamente a 2008 conseguindo, assim, o 5° lugar do índice enquanto os restantes países afro-lusófonos ficaram-se nos últimos 18 lugares.

Em entrevista à RFI, a presidente do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), Marilena Baessa, congratula-se com o reconhecimento da trajectória cabo-verdiana em matéria de infância e de educação na linha do cumprimento dos Objectivos do Milénio das Nações Unidas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.