Acessar o conteúdo principal
MOÇAMBIQUE

Moçambique : Polícia preocupada com tráfico de droga

DR

O porta-voz da polícia moçambicana, Pedro Cossa, fala em apreensões de droga três vezes por semana no Aeroporto internacional de Maputo. Autoridades vão reforçar medidas de controlo e segurança.

Publicidade

Em conferência de imprensa, esta quarta-feira, o porta-voz da polícia moçambicana, Pedro Cossa, manifestou preocupação face às frequentes apreensões de droga no aeroporto internacional de Maputo. A capital moçambicana poderá estar a transformar-se num corredor de drogas tendo como destino outros países, nomeadamente a vizinha África do Sul.

Face a esta onda de tráfico de droga, a polícia prometeu reforçar as medidas de controlo e segurança.

Mais pormenores com o  correspondente em Moçambique, Orfeu Lisboa.

O último relatório anual da Agência Internacional de Controlo de Drogas da ONU já tinha apontado Moçambique e a Guiné-Bissau como os países lusófonos com os problemas mais sérios com o tráfico de drogas.

O relatório, apresentado em Março, indicava que Moçambique registava algumas melhorias, mas teria de aumentar os esforços no combate contra as drogas.

O documento acrescentava, ainda, que o país é o ponto de passagem de drogas como resina de canábis, canábis, cocaína e heroína destinadas à Europa, e de metaqualona para a África do Sul.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.