Acessar o conteúdo principal
GUINÉ-BISSAU

Guiné-Bissau faz acordo de exploração mineira com empresa russa

O Governo de transição da Guiné-Bissau assinou hoje um acordo com uma empresa russa para exploração de areias pesadas em Varela, no norte do país. Estima-se que as reservas sejam de 80 mil toneladas.

Publicidade

O acordo foi assinado pelo ministro guineense dos Recursos Naturais, Certório Biote, e por um representante da empresa russa Poto Sarl. Certório Biote declarou que se trata de "um passo importante porque é o primeiro acordo de exploração mineira que o Governo assina com uma empresa estrangeira".

O ministro afirmou que o acordo terá como benefícios a reparação da estrada que liga São Domingos a Varela e escolas para populações. Porém, não adiantou quanto é que os cofres de Estado vão encaixar com a operação.

Oiça aqui a entrevista de Certório Biote ao nosso correspondente Mussá Baldé.

Certório Biote, ministro guineense dos Recursos Naturais

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.