Acessar o conteúdo principal
Moçambique

Continua a controvérsia à volta dos blindados vistos em Maputo

Blindados vistos em Maputo na terça-feira.
Blindados vistos em Maputo na terça-feira. http://www.folhademaputo.co.mz/

Continua a polémica sobre a presença de carros blindados constatada na terça-feira em Maputo, uma presença sobre a qual se tem verificado uma certa cacofonia de explicações.

Publicidade

Enquanto ontem, numa primeira reacção, a polícia moçambicana anunciava a retenção de 16 blindados que teriam entrado ilegalmente no país, a representante das Nações Unidas, Jennifer Topping, confirmava a entrada de 100 veículos das Nações Unidas, adiantando que a caravana estaria em trânsito para o Mali, onde vai integrar a missão de pacificação do país.

Por sua vez, ao desmentir tratar-se de uma "missão de pacificação" destinada a Moçambique, o ministro da defesa, Agostinho Mondlane, afirmou que se trata de um mal-entendido. De acordo com o governante, os blindados oriundos da África do Sul estão em trânsito para outro país.

Agostinho Mondlane, em declarações recolhidas por Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Maputo

Contudo, circula ainda outra versão do sucedido. Depois de ontem ter sido noticiado que os blindados estariam, na verdade, a ser fabricados em Moçambique, o embaixador dos Estados Unidos, Douglas Griffiths, confirmou a produção desses veículos numa fábrica moçambicana.

Embaixador Douglas Griffiths em declarações recolhidas por Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.