Acessar o conteúdo principal
Copa 2014

Jornais europeus se dizem decepcionados com seleção brasileira após empate com México

O goleiro mexicano, Ochoa, durante o jogo contra o Brasil, em Fortaleza.
O goleiro mexicano, Ochoa, durante o jogo contra o Brasil, em Fortaleza. REUTERS/Mike Blake

A imprensa europeia se declarou decepcionada com o jogo do Brasil e impressionada com a atuação do goleiro Ochoa durante a partida entre as seleções brasileira e mexicana na terça-feira (17) em Fortaleza. Os jornais são unânimes ao afirmarem que o goleiro mexicano, autor de defesas espetaculares, foi o melhor jogador em campo.

Publicidade

 "Ochoa teve uma exibição brilhante", destaca o site português A Bola. "O México tirou o brilho" da seleção canarinho, ironiza o jornal espanhol El País. Esse empate do Brasil sem gols é como ir à praia de Copacabana e não ver mulheres bonitas, brinca o italiano La Gazetta dello Sport.

L'Équipe, maior jornal esportivo francês, diz que a defesa do México demonstrou força e solidez. O destaque em campo foi o goleiro Ochoa, que defendeu todos os ataques do Brasil. "A Seleção encontrou um muro no gol", afirma o jornal. L'Équipe escreve ainda que Thiago Silva merecia um cartão vermelho pelo lance com Hernandez.

Falta de tática

As criticas são duras em relação à falta de tática da equipe comandada por Felipão. The Guardian diz que o Brasil gagueja, que o jogo da seleção é um mistério. Nas duas primeiras partidas da Copa, contra a Croácia e contra o México, os brasileiros não foram convincentes, principalmente porque a principal tática da equipe parece ser "dar a bola para Neymar e esperar o melhor", escreve o jornal britânico. O espanhol Marca lamenta que "hoje, o Brasil é menos Brasil".

Apesar da decepção, todos os jornais citados lembram que o resultado não representa um drama no que diz respeito à classificação para as oitavas de final, cuja confirmação fica apenas adiada para o próximo jogo contra Camarões, o mais fraco do grupo, informa La Gazetta dello Sport. Brasil e México têm quatro pontos, lideram o grupo A, e a seleção brasileira leva vantagem no saldo de gols, mas Scolari deve reorganizar rapidamente sua tática para dar mais qualidade a sua equipe, indica o jornal italiano.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.