Acessar o conteúdo principal
Cabo Verde / Guiné Bissau

Cabo Verde e Guiné Bissau reataram relações

Domingos Simões Pereira, Primeiro-ministro da Guiné-Bissau
Domingos Simões Pereira, Primeiro-ministro da Guiné-Bissau www.facebook.com/dsimoespereira.paigc

 O primeiro-ministro da Guiné Bissau, Domingos Simões Pereira, cumpriu hoje o primeiro de três dias duma visita oficial a Cabo Verde, destinada a reatar formalmente as relações entre os dois países, suspensas após o golpe de Estado de 2012. Os dois países relançam assim a cooperação bilateral no domínio das pescas, formação profissional, ensino superior, turismo e transportes.

Publicidade

 O chefe do executivo cabo-verdiano, José Maria Neves, e o seu homólogo da Guiné Bissau, Domingos Simões Pereira, saudaram hoje o regresso à normalidade das relações entre os dois países, e ressalvaram a necessidade de recuperar o tempo perdido, para que se atinja um patamar de "excelência".

José Maria Neves, garantiu "total disponibilidade" de Cabo Verde para apoiar a Guiné-Bissau nos esforços de desenvolvimento, quer da administração pública, quer nas relações económico-empresariais bilaterais.

Educação, saúde, energias renováveis e formação profissional são outros sectores que os dois países querem privilegiar num acordo de intenções global que deverá ser assinado quinta-feira.

Por seu turno, o Primeiro-ministro guineense, Domingos Simões Pereira, destacou sobretudo o reinício do novo percurso comum, e sublinhou a necessidade de a Guiné-Bissau seguir o exemplo de Cabo Verde, em certos áreas.

O correspondente da RFI na cidade da Praia, Odair Santos, dá mais pormenores sobre a visita do Primeiro-ministro da Guiné Bissau ao arquipélago:

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.