Acessar o conteúdo principal
MOÇAMBIQUE/ZIMBABWE/ANGOLA/ÁFRICA AUSTRAL

Angola vai aderir à zona de livre comércio da África austral

SADC site

Angola garante que vai aderir à zona de livre comércio da SADC em 2017. Por outro lado os presidentes sul-africano, Jacob Zuma, e moçambicano, Filipe Nyusi, dever-se-iam avistar hoje em Harare, à margem da cimeira da Comunidade para o desenvolvimento da África austral. Em cima da mesa está a violência xenófoba que vitimou, nomeadamente, três imigrantes moçambicanos em território sul-africano.  

Publicidade

Ao mais alto nível Moçambique está a participar na cimeira extraordinária da SADC, que se realiza na capital zimbabweana, Harare, um encontro em que o chefe de estado moçambicano Filipe Nyusi que se vai também reunir com o seu homólogo da África do Sul Jacob Zuma considera de extrema importância e onde todos assuntos incluindo a xenofobia serão temas de debate.

Na agenda da Cimeira Extraordinária da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, que se realiza em Harare no Zimbabwe, está a apreciação e aprovação da Estratégia e Roteiro de Industrialização da Região e o Plano Estratégico Indicativo de Desenvolvimento Regional.

O encontro dos chefes de estado e de governo da SADC pretende igualmente preparar a posição deste bloco regional a ser implementada na 3ª cimeira tripartida, entre a COMESA, a East Africa Comunity e a SADC , a realizar-se em Junho próximo no Egipto.

Confira aqui a crónica de Orfeu Lisboa, em Maputo.

Angola, até agora reticente quanto à adesão da zona de livre comércio, pretende aderir a esse mecanismo regional da SADC até 2017.

Georges Chikoti, ministro angolano das relações exteriores, enfatizou a importância do corredor de Benguela no âmbito da integração regional.

Bernarda Martins, ministra angolana da indústria, realça que a adesão do seu país à zona de comércio livre da SADC passa pela industrialização, que é aliás o grande tema da cimeira de Harare da SADC na qual participa a governante.

Com a amável colaboração da RNA, Rádio Nacional de Angola

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.