Acessar o conteúdo principal
ANGOLA

Angola na presidência de Comité da ONU para a África central

Georges Chikoti, ministro angolano das relações exteriores
Georges Chikoti, ministro angolano das relações exteriores Liliana Henriques/RFI

Angola assumiu nesta quinta-feira a presidência do UNSAC, órgão da ONU para a segurança na África central. As crises no Burundi, na República centro-africana mereceram a atenção das delegações presentes em Luanda nesta 40a reunião ministerial.

Publicidade

O chefe da diplomacia angolana, Georges Chikoti, discursou na abertura do evento tendo admitido ser preocupante a insegurança e a instabilidade nalguns países da região.

Angola preside também a Conferência internacional dos Grandes Lagos, a braços neste momento com o controverso processo eleitoral burundês onde Pierre Nkurunziza se candidata a um terceiro mandato, não obstante os protestos da sociedade civil.

A República centro-africana debate-se, por seu lado, com uma frágil transição depois de um golpe de Estado que acabou por degenerar em conflitos de carácter religioso entre a rebelião Seleka, composta de elementos pró golpistas de confissão muçulmana, e os Anti Balaka, milícias cristãs de autodefesa.

O leste da República democrática do Congo, por sua vez, continua por terminar o desarmamento das milícias activas naquela área.

Avelino Miguel, correspondente em Luanda, tem mais informação.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.