Acessar o conteúdo principal
México/Tempestades

Mais de 100 já morreram vítimas do furacão Manuel no México

As estradas foram reabertas e os milhares de turistas bloqueados em Acapulco há uma semana puderam deixar a estância balneária.
As estradas foram reabertas e os milhares de turistas bloqueados em Acapulco há uma semana puderam deixar a estância balneária. REUTERS/Jacobo Garcia

O furacão Manuel provocou mais de 100 mortes e obrigou cerca de 58 mil pessoas a deixarem suas casas. Um helicóptero da polícia que trabalhava nas operações de busca continua desaparecido. A estrada que liga Acapulco à capital mexicana foi parcialmente liberada e praticamente todos os 40 mil turistas bloqueados na estação balneária há uma semana já foram retirados do local.

Publicidade

Os mexicanos continuam contando suas vítimas após a passagem pelo sul do país do furacão Manuel. “O número de mortos provocados pelo fenômeno meteorológico passou de 99 para 101”, declarou na noite de sexta-feira o ministro mexicano do Interior, Miguel Ángel Osorio Chong. Mas segundo ele, esse balanço ainda pode aumentar”.

As tempestades que atingiram o México simultaneamente pelas costas do Pacífico e do Atlântico afetaram mais de 200 mil pessoas e obrigaram pelo menos 58 mil a deixarem suas casas. O furacão também provocou um desabamento de terra na segunda-feira no vilarejo de La Pintada. O acidente deixou mais de 60 desaparecidos.

O Estado de Guerrero, no sul do país, onde fica a cidade de Acapulco, foi o mais atingido pela catástrofe. As estradas ficaram impraticáveis e cerca de 40 mil turistas, a maioria deles mexicanos, ficaram uma semana bloqueados na estância balneária. As vias terrestres só foram reabertas parcialmente na tarde de sexta-feira.

Na manhã desse sábado, 21 de setembro, boa parte dos viajantes já haviam deixado a cidade em seus próprios veículos, ou então nos mais de 200 ônibus gratuitos colocados à disposição pelo governo. Os voos de linhas comerciais continuam suspensos, mas os aviões do Exército operam até domingo, quando o aeroporto de Acapulco deve voltar a funcionar normalmente. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.