Acessar o conteúdo principal
EUA/NSA

NSA quer criar super-computador para desbloquear senhas

O computador quântico seria capaz de desbloquear qualquer código de informática
O computador quântico seria capaz de desbloquear qualquer código de informática REUTERS/Kacper Pempel/Files

A Agência Nacional de Segurança Americana (NSA) estaria trabalhando na concepção de um computador quântico, capaz de desbloquear mesmo os códigos de segurança mais complexos. A informação está em um dos documentos revelados por Edward Snowden, ex-consultor da agência, e foi publicada com exclusividade nesta quinta-feira pelo jornal Washington Post.

Publicidade

De acordo com os documentos, a NSA está investindo quase 80 milhões de dólares na criação de um computador que poderia desbloquear rapidamente códigos de segurança que protegem dados bancários, médicos, ou ainda informações governamentais ou empresariais.

As grandes empresas de informática ou centros de pesquisa tentam há anos desenvolver um supercomputador quântico, que explore as propriedades de átomos e partículas, e rompa com as regras da Física Clássica. Mas ambos, incluindo a NSA, ainda estariam longe de obter um resultado, segundo os documentos revelados por Snowden.

Para entender melhor a amplitude dessa descoberta, a informação estocada em um bit de computador é necessariamente binária, e representada por 1 ou 0. No mundo quântico, os dados podem conter os dois números ao mesmo tempo. Esse atributo geraria uma velocidade de cálculo até então desconhecida e capaz de desbloquear mesmo os códigos mais complexos.

Em um computador quântico dotado de apenas 10 partículas (fótons, életrons, entre outras) 1000 componentes poderiam ser avaliados ao mesmo tempo durante os cálculos. Trinta partículas representariam 1 bilhão de componentes, o que possibilitaria o acesso a todo tipo de dado criptografados.

A principal dificuldade para desenvolver um computador quântico é sua fragilidade : é preciso isolar todas as partículas de influências externas para preservar seu estado quântico : é necessária uma temperatura baixa, além de quartos protegidos de raios eletromagnéticos.

Segundo Scott Aaronson, entrevistado pelo Washington Post, "é pouco provável que a NSA esteja em um nível mais avançado nesta pesquisa em comparação com outros centros de pesquisa, sem que ninguém saiba."

 

 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.