Acessar o conteúdo principal
Estados Unidos/tornado

Série de tornados atinge os Estados Unidos e deixa pelo menos 12 mortos

Fortes tornados, nos estados de Arkansas e Oklahoma, nos Estados Unidos causaram a morte de pelo menos 12 pessoas
Fortes tornados, nos estados de Arkansas e Oklahoma, nos Estados Unidos causaram a morte de pelo menos 12 pessoas REUTERS/Gene Blevins

Uma série de violentos tornados deixou pelo menos 12 mortos neste domingo (27), 10 no Arkansas e dois em Oklahoma, onde bairros inteiros foram destruídos, de acordo com um balanço provisório das autoridades locais. A região central do país está em estado de alerta.

Publicidade

Cinco pessoas morreram no condado de Faulkner e em Pulaski, e uma em White, de acordo com um representante do governo do Arkansas.

Um outro tornado também deixou um morto em Quapaw, uma pequena cidade situada no nordeste de Oklahoma. Ainda não há uma estimativa do número exato de feridos, mas as imagens transmitidas pela TV mostram casas destruídas e carros capotados.

O alerta à população atingiu o Novo México, no oeste, até o Tennessee, no leste. Pelo menos 12 tornados foram registrados pelos serviços meteorológicos.

De acordo com o deputado Tim Griffin, 50 casas na região foram destruídas e várias desapareceram. Em Mayflower, a 35 quilômetros no noroeste de Little Rock, 45 residências desabaram, segundo um conselheiro municipal.

Todos os anos, os Estados Unidos são atingidos por cerca de mil tornados, que se formam em razão do encontro, na primavera, das correntes de ar seco e frio que vêm do Pólo Norte, e das correntes de ar quente e úmido que sobem do Golfo do México, a uma altitude mais baixa. As montanhas rochosas situadas no oeste também provocam uma corrente de ar que favorece as tempestades.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.