Acessar o conteúdo principal
EUA/neve

Nordeste dos EUA se prepara para uma das piores tempestades de neve da história

Mulher caminha no Central Park em Nova York, que deve ser uma das cidades mais atingidas pela tempestade de neve
Mulher caminha no Central Park em Nova York, que deve ser uma das cidades mais atingidas pela tempestade de neve (Foto: Reuters)

Mais de 2 mil vôos foram cancelados nos Estados Unidos nesta segunda-feira (26) por conta da ameaça de uma tempestade de neve no nordeste do país. O tráfego aéreo foi afetado por 271 atrasos no início da manhã, de acordo com o site Flightaware.

Publicidade

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, o fenômeno deve afetar Nova York, Boston e chegar até a fronteira com o Canadá. Diversas companhias propuseram aos passageiros neste domingo que mudassem seus voos gratuitamente. Centenas foram cancelados.

Só em Nova York, deve cair 60 a 90 centímetros de neve. americanas e são esperados mais de 80 centímetros no leste de Massachusetts. O prefeito da cidade, Bill de Blasio, lançou um alerta, dizendo que esta será provavelmente uma das “piores tempestades de neve da história”. Ele também pediu aos habitantes da cidade “que evitassem pegar o carro” e lembrou que várias escolas fecharão as portas. “Preparem-se a algo bem pior do que tudo que vimos até agora”, declarou o prefeito.

Mais de 50 milhões de pessoas devem ser afetadas

Mais de 50 milhões de pessoas no nordeste do país poderão ser afetadas pela tempestade, que pode paralisar o transporte público. Ontem, os supermercados de Manhattan também ficaram cheios. Os clientes, preocupados, fizeram fila para estocar alimentos. Na Índia, o presidente Barack Obama foi avisado da tempestade, segundo a Casa Branca.

De acordo com o porta-voz do governo americano, representantes executivo entraram em contato com os prefeitos dos locais que devem ser mais atingidos para verificar se “há recursos necessários para preparar e reagir imediatamente à tempestade”.
 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.