Acessar o conteúdo principal
EUA/Cuba

EUA autorizam empresa a realizar cruzeiro entre Flórida e Cuba

A empresa americana Carnival recebeu autorização para realizar cruzeiros para Cuba
A empresa americana Carnival recebeu autorização para realizar cruzeiros para Cuba Reuters

A maior empresa de cruzeiros do mundo, a americana Carnival, anunciou nesta terça-feira (7) que recebeu autorização do governo dos Estados Unidos para começar a operar viagens para Cuba, o que deve acontecer a partir de maio de 2016. 

Publicidade

Os cruzeiros de uma semana que partirão de Miami, na Flórida, devem ainda receber autorização da direção cubana, indica um comunicado da empresa. O anúncio acontece em meio à aproximação entre Cuba e Estados Unidos, iniciado em dezembro passado, depois de meio século de inimizade. Os dois países anunciaram na semana passada a reabertura das embaixadas.

Primeiro cruzeiro desde 1961

Esta será a primeira vez que um cruzeiro sairá dos Estados Unidos em direção a Cuba desde que os países romperam relações em 1961. "Estamos emocionados por ter recebido a aprovação americana, que é o primeiro passo para levar passageiros a Cuba", afirmou o presidente da Carnival, Arnold Donald.

A empresa recebeu a permissão dos departamento do Comércio e do Tesouro.Sob as leis americanas e o embargo econômico vigente contra a ilha comunista, o turismo em Cuba continua proibido para os americanos, que só podem viajar se estiverem dentro de uma das doze exceções, entre elas a visita a parentes ou com fins acadêmicos, esportivos ou religiosos.

Cerca de 100 mil americanos visitaram Cuba em 2014. O turismo no país gerou cerca de US$ 2 bilhões em 2014.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.