Acessar o conteúdo principal
EUA/Política

Ted Cruz e Sanders vencem, mas Trump e Hillary seguem na frente

O pré-candidato republicano, Ted Cruz, durante discurso em Wichita, no estado do Kansas.
O pré-candidato republicano, Ted Cruz, durante discurso em Wichita, no estado do Kansas. REUTERS/Dave Kaup

Os senadores Ted Cruz e Bernie Sanders conquistaram importantes vitórias nas primárias deste sábado (5) realizadas pelos partidos Republicano e Democrata, mas Donald Trump e Hillary Clinton continuam os favoritos na corrida eleitoral à Casa Branca.

Publicidade

Pelo partido Republicano, Ted Cruz venceu em dois dos quatro estados que foram às urnas: Kansas e Maine. Mas não impediu a vitória do bilionário Donald Trump na Louisiana, estado com maior número de delegados para a Convenção que irá definir o candidato do partido à eleição presidencial.

Segundo as sondagens, Trump também levou a melhor em Kentucky, e agora soma vitórias em 12 estados contra seis de Ted Cruz. As primárias do final de semana mostram ainda que o senador da Flórida, Marco Rubio, se distancia dos seus adversários republicanos.

"Pessoalmente, eu pediria que ele se retirasse da corrida. Estou pronto para enfrentar Ted cara a cara", disse Trump durante entrevista coletiva em West Palm Beach, na Flórida. Pouco antes, o senador, que se apresenta como a melhor alternativa a Donald Trump, disse ter visto nos resultados de sábado uma "continuidade" de seu progresso junto ao eleitorado republicano.

"O que vemos é os conservadores se unindo, os republicanos se unindo", declarou Ted Cruz em Idaho, onde se encontra em campanha. Na próxima terça-feira, serão realizadas primárias em Michigan, Mississippi, Idaho e Hawai, antes de outra “Super Terça”, no dia 15 de março, quando outros cinco estados irão às urnas, entre eles, a Flórida.

Até o momento, Marco Rubio conquistou apenas uma vitória, em Minnesota, e o governador de Ohio, John Kasich, continua em quarto na corrida republicana.

Sanders vence sem alterar vantagem de Clinton

No campo democrata, Bernie Sanders venceu no Kansas e Nebraska, dando novo impulso à sua campanha. No entanto, as conquistas foram ofuscadas pela demonstração de força de Hillary Clinton na Louisiana, principal estado em disputa no sábado.

Hillary se beneficiou principalmente do voto da comunidade negra, um apoio que Sander não consegue conquistar para sua campanha. A ex-secretária de Estado já tem cerca de metade dos votos necessários dos delegados para ser oficializada como a candidata oficial do Partido Democrata à sucessão de Barack Obama.

 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.