Acessar o conteúdo principal
Venezuela/Colômbia

Venezuela nega suposta incursão militar na Colômbia

Soldado venezuelano durante exercício militar em Caracas (26/08/17).
Soldado venezuelano durante exercício militar em Caracas (26/08/17). REUTERS/Andres Martinez Casares

O ministro de Defesa da Venezuela, o general Vladimir Padrino, qualificou neste domingo de falsas as denúncias sobre uma suposta incursão militar venezuelana na Colômbia.

Publicidade

"Quero negar todas as declarações que tenham se originado da Colômbia denunciando a ida de unidades militares da Guarda Nacional" a Paraguachón, localidade fronteiriça situada em La Guajira, disse Padrino em um discurso às tropas.

"Essas versões são totalmente falsas", acrescentou o general após exercícios militares realizados pela Força Armada venezuelana em Guárico, ordenados pelo presidente Nicolás Maduro após a advertência do presidente americano Donald Trump sobre uma possível "opção militar" frente a crise venezuelana.

Incursão em motos

No sábado (26), o governador da localidade colombiana de La Guajira, Weildler Guerra, denunciou no Twitter que cerca de vinte militares em motocicletas entraram na zona, fizeram disparos ao ar e "roubaram dinheiro e celulares de vários cidadãos".

Padrino também se referiu a um combate que ocorreu no sábado entre o exército venezuelano e um grupo armado colombiano na fronteira do estado de Táchira, que deixou seis mortos e dois militares feridos.

"Os grupos paramilitares que perturbam o povo da fronteira serão expulsos" do país, comentou o ministro.

(com informações da AFP)

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.