Acessar o conteúdo principal
Crime

Traficantes colombianos distribuíam balas com LSD para atrair crianças

Os traficantes apelaram aos doces para atrair crianças e adolescentes às drogas.
Os traficantes apelaram aos doces para atrair crianças e adolescentes às drogas. @FiscaliaCol

Não há idade mínima para iniciar uma pessoa no vício das drogas – é o que parecem acreditar traficantes colombianos detidos pela polícia no início de fevereiro. Os criminosos distribuíam o alucinógeno LSD em balas pelas ruas de Medelín, em um caso que provocou revolta nas redes sociais e uma campanha de informação da prefeitura para esclarecer a população sobre os riscos.

Publicidade

Najet Benrabaa, correspondente da RFI em Medelín

No total, 10 milhões de chicletes e 1 milhão de pirulitos contaminados foram apreendidos pela polícia. Mas, segundo as autoridades, 1 milhão de doces com a droga ainda circulam na cidade.

Em meio à polêmica, a prefeitura publicou um vídeo de alerta sobre o assunto, com imagens dos pirulitos com formato de animais e dos sacos de chiclete. As imagens viralizaram nas redes sociais, acompanhadas de comentários indignados dos colombianos com o fato de que os traficantes queiram atrair usuários tão cedo para o mundo das drogas.

As autoridades indicam que o objetivo dos criminosos era distribuir os produtos nas escolas, para incitar as crianças e adolescentes a se interessar pelo efeito do ácido e experimentarem outros tipos de drogas depois. A polícia anunciou que 31 pessoas ligadas ao plano foram presas.

Ácido nos olhos

No começo das investigações, uma rede de produção e venda de maconha era o alvo dos policiais. Eles identificaram ligações com vendedores de grãos de cannabis na Holanda e na Espanha, além do tráfico de LSD líquido, ecstasy, poppers (químico que, quando inalado, provoca excitação) e cocaína.

Os traficantes, conhecidos como irmãos Garro, eram apelidados de “os reis da maconha”. Embora o maior sucesso fosse com a venda da erva, eles gostavam de inovar: um dos irmãos, José Jesus Gatto Trujillo, desenvolveu uma versão de LSD na forma de colírio. Aplicada nos olhos, a droga tem efeito durante seis horas.      

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.