Acessar o conteúdo principal

Pentágono autoriza US$ 1 bilhão para construção de muro na fronteira com México

Pentágono autoriza US$ 1 bi para muro na fronteira com México
Pentágono autoriza US$ 1 bi para muro na fronteira com México REUTERS/Lucy Nicholson/File Photo

O chefe interino do Pentágono, Patrick Shanahan, anunciou na noite de segunda-feira (25) o desbloqueio de US$ 1 bilhão para a construção de um muro na fronteira entre Estados Unidos e México. Essa era uma das promessas do presidente americano Donald Trump e foi a causa do conflito entre o chefe de Estado e o Congresso que provocou o “shutdown” na administração do país no final de 2018 e início de 2019.

Publicidade

Shanahan "autorizou o comandante do Corpo de Engenheiros do Exército a começar a projetar e executar [um projeto de] até US$ 1 bilhão em apoio ao departamento de Segurança Interna, à Alfândega e à Patrulha de Fronteira", segundo um comunicado do Pentágono.

O departamento de Segurança Interna pediu ao Pentágono a construção de 92 km de uma cerca de 5,5 metros de altura. Além disso, o órgão também requisitou a reforma de uma estrada paralela e a iluminação das áreas fronteiriças. Shanahan destacou que o gasto se justifica por uma legislação que "autoriza a Defesa americana a construir estradas, barreiras e instalar iluminação para impedir (...) o tráfico de drogas na fronteira".

Frustrado pela negativa do Congresso em liberar verbas para a construção do muro, Trump deflagrou em 15 de fevereiro um procedimento de "emergência nacional" que lhe permitiu passar por cima dos parlamentares para obter mais de US$ 8 bilhões em financiamento. Esta medida excepcional indignou democratas e republicanos, para quem Trump excedeu suas prerrogativas e criou um perigoso precedente.

Debate de longa data

O debate sobre a construção do muro provocou uma paralização de cinco semanas da administração americana. Os democratas, que em geral querem proteger a fronteira e controlar a imigração ilegal, não acreditam que seja necessário ou eficaz ter uma barreira física na fronteira com o México. Eles acham que o dinheiro gasto na construção de um muro pode ser melhor investido em tecnologia e mais agentes de segurança.

Segundo uma pesquisa da CBS News, conduzida em novembro passado, 59% dos americanos é contra ter um muro na fronteira com o México. Mas as posições têm um alto teor partidário, já que 79% dos republicanos apoiam a construção de uma barreira, enquanto que 84% dos democratas e 66% dos independentes dizem se opor ao projeto.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.