Acessar o conteúdo principal
EUA/Coreia do Norte

EUA e Coreia do Norte vão retomar negociações nucleares

O presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, já se encontraram duas vezes.
O presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, já se encontraram duas vezes. REUTERS/Jonathan Ernst/File Photo

Coreia do Norte e Estados Undos vão retomar as negociações sobre o programa nuclear de Pyongyang, interrompidas desde fevereiro deste ano. A agência oficial norte-coreana KCNA anunciou nesta terça-feira (1) que os dois países concordaram em organizar uma nova rodada de discussões no próximo sábado (5). O porta-voz do departamento de Estado americano, Morgan Ortagus, confirmou a informação, sem citar datas.

Publicidade

Washington e Pyongyang também agendaram uma "reunião de contato preliminar" na véspera, dia 4 de outubro, afirmou a vice-ministra das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Choe Son Hui, em um comunicado divulgado pela agência oficial. No texto, ela expressa o desejo de que as conversações prosperem. O local dos encontros não foi divulgado.

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, havia concordado em reabrir as negociações em nível de trabalho na reunião com o presidente americano, Donald Trump, no dia 30 de junho na fronteira entre as duas Coreias. As negociações entre os dois países estão interrompidas desde a segunda cúpula entre os dois líderes, ocorrida em fevereiro no Vietnã. O encontro em Hanói foi considerado um fracasso.

As manobras militares conjuntas entre americanos e sul-coreanos e novos testes com mísseis efetuados por Pyongyang haviam dificultado a retomada das discussões. As relações bilaterais melhoram após a demissão do ex-conselheiro americano de Segurança Nacional, John Bolton, conhecido por sua firmeza contra o regime norte-coreano.

* Com informações de agências internacionais

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.