Acessar o conteúdo principal
Copa do Mundo

Oferta de locação da casa de Ronaldinho chama a atenção da imprensa francesa

Anúncio postado por Ronaldo no site Airbnb oferece sua mansão na Barra da Tijuca para ser alugada durante a Copa do Mundo.
Anúncio postado por Ronaldo no site Airbnb oferece sua mansão na Barra da Tijuca para ser alugada durante a Copa do Mundo. Reprodução

O jogador de futebol fez o anúncio no Twitter, na sexta-feira passada, colocando uma foto de sua mansão na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O jornal Le Parisien só se deu conta do anúncio nesta terça-feira (27) e colocou inclusive um link para o tuíte de "Ronnie", como ele é carinhosamente chamado na França.

Publicidade

Ronaldinho, que não foi seleciondo para jogar na Copa, conseguiu charmar a atenção da imprensa francesa. "A casa do Ronaldinho não vai ser para todos", ironiza o Le Parisien. O jornal francês avisa que o craque do Atlético Mineiro cobra 34.350 reais por dia de aluguel. O anúncio foi publicado no site Airbnb.

Le Parisien tem acompanhado a alta dos preços no Brasil a poucos dias do início da Copa do Mundo. Em um outro artigo, o jornal diz que os preços dos hotéis vão aumentar durante a Copa até 229%, segundo um estudo do site TripAdvisor.

A casa de Ronaldinho tem cincos quartos, seis banheiros, sete camas, totalizando mais de 1.000 metros quadrados de área construída. O anúncio precisa também que os hóspedes “vão ter acesso a todas as comodidades da casa, como sauna, piscina com hidromassagem, churrasqueira, home theater, varanda com cozinha gourmet, geladeira especial para cerveja, sala zen para massagem ou yoga, garagem para três carros, e um palco exclusivo para fazer um pagode legal com os amigos”. Falta saber quem vai poder alugar a casa e dançar pagode se não for brasileiro.

Rádio francesa cobra vitórias da seleção

O site da rádio RTL afirma hoje que o Brasil tem que jogar perfeitamente, sem falhas. A RTL considera que o Brasil caiu num grupo que não é muito difícil, tendo como adversários na primeira fase Croácia, México e Camarões. Para a rádio francesa de maior audiência do país, "as coisas sérias para o Brasil só começarão na segunda fase" do Mundial.

Com a colaboração de Charlotte Derouin

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.