Acessar o conteúdo principal
Brasileiros/Nepal

Após terremoto, Itamaraty localiza 48 dos 79 brasileiros no Nepal

Vários dos brasileiros que se encontram no Nepal estão em expedição no monte Everest, onde várias avalanches foram registradas neste sábado (25) e domingo (26).
Vários dos brasileiros que se encontram no Nepal estão em expedição no monte Everest, onde várias avalanches foram registradas neste sábado (25) e domingo (26). REUTERS/Phurba Tenjing Sherpa/Files

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil publicou uma nota em seu site neste domingo (26) sobre os brasileiros no Nepal, após o violento terremoto de 7,9 na escala Ritcher que atingiu o país ontem e deixou mais de 2,3 mil mortos. De acordo com o Itamaraty, todos os cidadãos localizados pela Embaixada brasileira em Katmandu passam bem, mas adverte que não tem a informação exata de quantos estão no país.

Publicidade

Na nota, o ministério das Relações Exteriores publicou que o governo brasileiro tomou conhecimento "com grande pesar" da catástrofe no Nepal e expressou condolências solidariedade aos familiares das vítimas.

O Itamaraty também indicou que a Embaixada em Katmandu está mobilizada para prestar o apoio necessário aos brasileiros no Nepal. No total, familiares e próximos de 79 cidadãos teriam contatado o governo brasileiro. Destes, 48 já foram localizados e passam bem. No entanto, o número de cidadãos deve ser mais alto, já que, segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty, as famílias que conseguem contato com seus próximos no Nepal não avisam necessariamente o governo.

Os que foram localizados pela Embaixada "não sofreram ferimentos e estão recebendo toda a assistência cabível", diz a nota. "Não há, até o momento, informação sobre a presença de brasileiros entre as vítimas fatais."

O Itamaraty informa que continuará a acompanhar a situação dos brasileiros no Nepal e a evolução dos acontecimentos.

Brasileiros atingidos por avalanche

Entre os alpinistas atingidos pelas avalanches no monte Everest, desencadeadas pelos tremores de terra no Nepal, há vários brasileiros. A Embaixada do Brasil em Katmandu não tem controle do número de cidadãos que partem em expedições nas montanhas.

Vários deles entraram em contato com as famílias através das redes sociais. Outros publicam posts no Twitter. Nenhum dos brasileiros no Everest relatou, até o momento, estar em um grupo em que foram registrados mortes e feridos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.