Acessar o conteúdo principal
Brasil /Unesco

Belém, Santos e Salvador ganham título de Cidade Criativa da Unesco

O Mercado do Ver-o-Peso, em Belém, é referência gastronômica mundial
O Mercado do Ver-o-Peso, em Belém, é referência gastronômica mundial Wikipedia

Três cidades brasileiras receberam na sexta-feira (11) o título de Cidade Criativa, concedido pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), em categorias diferentes: Belém (gastronomia), Santos (cinema) e Salvador (música).

Publicidade

Lançada em 2004 e agora com 116 membros de todo o mundo, a rede de Cidades Criativas da Unesco visa promover a cooperação internacional entre locais que investem na criatividade como motor de desenvolvimento urbano sustentável, inclusão social e vitalidade cultural.

"A rede representa um imenso potencial para afirmar o papel da cultura como facilitador do desenvolvimento sustentável. Reconhecemos todos os anos as cidades que estão enriquecendo a cultura com a sua diversidade", declarou a diretora-geral da Unesco, Irina Bokova.

Belém e a culinária amazônica

A capital paraense tem uma das culinárias mais ricas e originais do Brasil, que mistura influências portuguesa, indígena e africana. Pratos como pato no tucupi, maniçoba e tacacá deram fama à gastronomia local, assim como sucos, doces e sorvetes feitos com frutas amazônicas, como açaí, cupuaçu e bacuri.

O tacacá é um dos carros-chefe da gastronomia paraense
O tacacá é um dos carros-chefe da gastronomia paraense Wikipedia

Belém atrai chefes estrelados do mundo inteiro, como o catalão Ferran Adrià, que fazem questão de conhecer o famoso Mercado do Ver-o-Peso, com produtos e ingredientes da Amazônia. A cidade também tem revelado seus próprios talentos, como o chef Thiago Castanho, do restaurante Remanso do Bosque, que já foi alvo de reportagens do "The New York Times" e do "The Guardian".

“Para nós que trabalhamos para o desenvolvimento da gastronomia paraense, é a coroação de um trabalho que vem sendo realizado há mais de 30 anos”, comemora Joanna Martins, diretora-executiva do Instituto Paulo Martins, que promove o estudo e a divulgação da gastronomia paraense e amazônica brasileira.

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, disse que o título representa o reconhecimento internacional do valor cultural da gastronomia. "O grande charme da gastronomia é que ela não é só para a elite, é para o conjunto da sociedade. Todo mundo ganha com este reconhecimento da Unesco.”

Santos, paixão pela sétima arte

Santos aposta no cinema como forma de inclusão social
Santos aposta no cinema como forma de inclusão social Wikipedia

A cidade de Santos, no litoral de São Paulo, ganhou no quesito cinema. Para o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, a conquista internacional coloca a cidade em rol muito seleto, sendo um reconhecimento ao trabalho de todos os apaixonados pela sétima arte: artistas, produtores, diretores, empresários e professores.

“Implantamos o segundo cinema público da cidade. E mais três estão previstos para 2016. A certificação é como um Oscar para a Cidade de Santos, um prêmio que fica para a história”, destacou.

As novas salas públicas funcionarão nos centros culturais da Vila Progresso e do Morro da Penha, em construção, e no Cine Escola Querô, que ficará em anexo do Mercado Municipal (região central).

Salvador e a música

Já Salvador é o primeiro município brasileiro a ser contemplado na categoria música. "Agora, a poucos dias do Réveillon e do Carnaval, eventos essencialmente musicais, nada melhor do que sermos contemplados com o título por uma entidade tão importante como a Unesco”, disse em nota o prefeito ACM Neto.

Salvador é uma das cidades mais musicais do Brasil
Salvador é uma das cidades mais musicais do Brasil

“Os cantores, instrumentistas, compositores e todos que estão envolvidos com a música merecem este título porque levam a nossa história e cultura para o mundo”, completou.

A expectativa da prefeitura é de que o título possibilite uma atração maior de investimentos no segmento da economia criativa e aqueça o turismo, uma vez que cidades criativas seriam consideradas destinos turísticos mais competitivos.​

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.