Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Valter Aguiar: "Sempre vai ter um lugar no mundo onde as ondas curtas vão estar"

Áudio 05:30
O radioescuta e jornalista Valter Aguiar, ao lado de Sintonildo, o mascote do DX Clube do Brasil, de ondas curtas.
O radioescuta e jornalista Valter Aguiar, ao lado de Sintonildo, o mascote do DX Clube do Brasil, de ondas curtas. Cortesia

Treze de fevereiro é o Dia Mundial da Rádio. Nesta ocasião, o jornalista Valter José Gomes Aguiar, que está terminando uma pós-graduação sobre o tema das rádios internacionais, conversou com a RFI Brasil sobre o funcionamento dessas emissoras, que podem ser estatais, privadas, de organismos institucionais e mesmo clandestinas. "Elas fazem programas produzidos especialmente para a audiência estrangeira", ele explica.Um tema inevitável é a ameaça das ondas curtas pelas mídias digitais. Uma ameaça que não preocupa o entrevistado: "Sempre vai ter um público em algum lugar do mundo que só se pode alcançar com ondas curtas", ele diz. As ondas curtas têm muitos adeptos no Brasil. Essa paixão comum acabou gerando a formação de diversos clubes, entre eles, o DX Clube, do qual Valter faz parte. Fundado em 1981, o DX dedica-se ao estudo e propagação das ondas curtas pelo mundo. Com direito a um mascote, o famoso Sintonildo! 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.