Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Para quem vem das favelas, a crise sempre existiu, diz Criolo em Paris

Áudio 07:23
De passagem em Paris, Criolo concedeu uma entrevista nos estúdios da RFI.
De passagem em Paris, Criolo concedeu uma entrevista nos estúdios da RFI. RFI

O cantor, compositor e ator Criolo está de passagem pela capital francesa, onde apresenta o filme “Tudo que aprendemos juntos”, de Sérgio Machado, projetado no encerramento do Festival de Cinema Brasileiro de Paris nesta terça-feira (12). Em entrevista a RFI, ele fala da influência do teatro em seu trabalho de intérprete, mas também dos resquícios de sua carreira de educador, profissão que exerceu durante 12 anos antes de se tornar um dos principais nomes da cena contemporânea musical brasileira.

Publicidade

Questionado sobre a crise política do Brasil, o rapper diz que o país vive um momento de construção da democracia e rejeita a ideia de que as classes mais desfavorecidas estariam ausentes do debate. Para ele, “quem é de favela se manifesta todos os dias” e o que está acontecendo no país não é novidade. “Quando uma pessoa fala que ‘a crise nos pegou’, quem vem das periferias pergunta: mas algum dia não teve crise?”

Depois de Paris, onde faz show no encerramento do Festival, Criolo volta para o Brasil, para apresentações em Vila Velha e Brasília, antes de voltar para a Europa, para uma turnê na Inglaterra ainda no mês de abril, com escalas em Cambridge, Bristol, Leeds, Londres e Manchester.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.