Acessar o conteúdo principal
Brasil/Prisão

Motim em prisões no Brasil vira notícia na imprensa internacional

Policiais tentam conter os familiares dos presos diantes da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo de Boa Vista
Policiais tentam conter os familiares dos presos diantes da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo de Boa Vista Folha de Boa Vista / AFP

A disputa entre facções rivais, que resultou na morte oito presos em uma cadeia de Rondônia nesta segunda-feira (17), um dia depois de outro motim, em Roraima, terminar com a morte de 10 pessoas ganhou destaque na imprensa internacional.

Publicidade

Os diários norte-americanos New York Times e Washington Post relatam que as autoridades estariam investigando “uma possível conexão entre os motins” nas duas penitenciárias brasileiras.

O francês Libération e o português Observador também noticiam que a polícia não descarta a hipótese de que os confrontos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo estejam ligados com os de Rondônia. "A facção do crime organizado PCC (Primeiro Comando da Capital) deu a ordem de matar os membros da facção rival CV (Comando Vermelho) em todas as prisões do país", escreve o jornal francês, reproduzindo declarações feitas nesta segunda-feira por Jessica Laurie, assessora de comunicação do governo de Roraima. 

Prisões lotadas

O espanhol El País explica que as rebeliões são frequentes no Brasil. O diário ressalta que o país é o quarto do mundo com maior população carcerária, “atrás apenas dos Estados Unidos, China e Rússia”. O jornal lembra que em setembro passado 200 presos conseguiram escapar de uma prisão em Jardinópolis, São Paulo, e que 14 pessoas morreram durante um confronto no Ceará.

“O número de presos aumentou 575% entre 1990 e 2014”, analisa o jornal, baseado em dados da rede britânica BBC. “As associações de defesa dos direitos humanos denunciam há anos as condições ‘deploráveis’ nas quais vivem os detentos”, aponta o jornal espanhol.

A superlotação também é lembrada pelo argentinoEl Clarín. O jornal chama a atenção para o fato de que a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, “que tem uma capacidade para 740 detentos, recebe 1.400”.

Os motins também foram relatados no canal de televisão Euronews, no canal britânico BBC, e na emissora americana Fox News, além dos jornais gratuitos Metro, de Montreal, e 20 Minutos, de Paris.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.