Acessar o conteúdo principal
RFI Convida

Derrota nas municipais não acaba com chances do PT em 2018, diz analista

Áudio 08:13
O cientista político Gaspard Estrada, diretor-executivo do Observatório Político da América Latina e Caribe
O cientista político Gaspard Estrada, diretor-executivo do Observatório Político da América Latina e Caribe RFI

Apesar do mau desempenho do Partido dos Trabalhadores (PT) nas eleições municipais do Brasil, cujo segundo turno foi realizado no domingo (30), o projeto político do PT para 2018 não está acabado. Essa é a opinião do cientista político Gaspard Estrada, diretor-executivo do Observatório Político da América Latina e Caribe (Opalc), da Sciences Po de Paris.

Publicidade

Não há dúvidas que o PT foi o grande prejudicado das eleições municipais no Brasil, perdendo para partidos de direita na maioria das cidades em que disputou prefeituras. Para Gaspard Estrada, o resultado já era esperado e "é o fruto desse combate político que aconteceu neste ano e que, na verdade, já vinha se desenhando desde as eleições presidenciais de 2014". As principais razões para o fenômeno são evidentes para o analista: "o abalo criado pela Lava Jato - um fenômeno que também foi impulsionado pela mídia -, e que trouxe um prejuízo maior para o PT, embora todos os partidos políticos do Brasil estejam envolvidos nesses esquemas de corrupção".

Segundo Estrada, ainda é cedo para afirmar que os resultados das eleições municipais acabaram com as chances do Partido dos Trabalhadores para 2018. "Vamos ver se o PT vai conseguir se reinventar, sabendo que as pesquisas mostram que hoje o ex-presidente Lula estaria na liderança da preferência dos eleitores brasileiros, com mais ou menos 30% das intenções de voto." Uma popularidade que, destaca o cientista político, nenhuma das grandes figuras da direita, como o ministro das Relações Exteriores José Serra ou o próprio senador Aécio Neves, conta atualmente.

Para assistir à entrevista completa, clique no vídeo abaixo:

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.