Acessar o conteúdo principal

Bolsonaro desfila de carro aberto pela Esplanada e se emociona diante da multidão

O presidente Jair Bolsonaro ao lado da mulher Michelle durante trajeto da Catedral de Brasília até o Congresso. Ele se emocionou várias vezes durante o desfile, acompanhado por milhares de pessoas.
O presidente Jair Bolsonaro ao lado da mulher Michelle durante trajeto da Catedral de Brasília até o Congresso. Ele se emocionou várias vezes durante o desfile, acompanhado por milhares de pessoas. Foto: REUTERS/Ricardo Moraes

O presidente eleito Jair Bolsonaro decidiu desfilar de carro aberto pela Esplanada do Ministério em direção ao Congresso Nacional para sua cerimônia de posse nesta terça-feira, 1° de janeiro.  

Publicidade

Como previsto, a comitiva de Bolsonaro, deixou a residência oficial da Granja do Torto no início da tarde, e percorreu as ruas de Brasília escoltado por um forte esquema de segurança.

Para essa posse, a capital federal contou com um esquema excepcional de segurança, com 12 mil homens nas ruas. Os eleitores e apoiadores de Bolsonaro passaram por uma rigorosa vistoria e foram orientadas a deixar objetos em casa para poder aceder ao local reservado aos populares.

O esquema inédito de segurança está relacionado não apenas ao atentado sofrido pelo então candidato na cidade de Juiz de Fora, mas também à presença de 12 chefes de Estado e de governo de países convidados para a cerimônia e outras autoridades internacionais, além de convidados.

Na chegada, acompanhado da mulher e filhos, foi recebido pelo vice-presidente o general Mourão e foi cumprimentado pelo padre João, em frente à Catedral de Brasília.

Rolls Royce da presidência

De lá, optou por fazer um desfile em direção ao Congresso em carro aberto com o Rolls Royce da presidência, em pé ao lado da mulher. No carro, o presidente ainda foi acompanhado do filho Carlos, vereador do Rio de Janeiro.

Durante o trajeto pela Esplanada, Bolsonaro aproveitou para saudar milhares de pessoas nos gramados. Em vários momentos ele mostrou-se visivelmente emocionado e também repetiu várias vezes o gesto com os dedos polegar e indicador, uma dos símbolos de sua campanha eleitoral.

O presidente Jair Bolsonaro faz o gesto com os dedos, um dos símbolos da sua campanha eleitoral.
O presidente Jair Bolsonaro faz o gesto com os dedos, um dos símbolos da sua campanha eleitoral. REUTERS/Ricardo Moraes

A chegada do Rolls Royce em frente ao Congresso Nacional marcou o fim da primeira etapa da cerimônia de posse.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.