Acessar o conteúdo principal
Bolsonaro/ONU

Com agenda mínima em Nova York, Bolsonaro vai falar na ONU sobre Amazônia e soberania

Chegada do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos
Chegada do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos Allan Santos/ Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro abre logo mais nesta terça-feira (24) a Assembleia Geral da ONU em Nova York, pondo fim a um suspense sobre se estaria presente no evento. O presidente faz discurso de 20 minutos para uma plateia de 192 chefes de Estado, a partir de 10h30 (horário de Brasília).

Publicidade

Com informações da jornalista Dagmar Trindade, de Nova York

Ao chegar no hotel na segunda-feira (23), Bolsonaro foi recebido por um grupo de manifestantes brasileiros e americanos, que protestavam pela proteção da Amazônia. Eles planejam uma manifestação maior nesta terça, em frente à ONU.

É grande a expectativa pela mensagem e pelo tom da fala do presidente. O discurso, que tratará da questão ambiental no Brasil e defenderá a soberania do país em relação à Amazônia, foi elaborado com a ajuda do filho do presidente Eduardo Bolsonaro, o assessor para assuntos internacionais Filipe Martins e o chanceler Ernesto Araújo.

Reuniões

Bolsonaro passa parte da manhã na sede da ONU. Depois do discurso, ele se encontra com o secretário-geral das Nações Unidas, Antônio Guterres. Depois de almoçar no hotel, ele tem uma reunião às 15h com ex-prefeito Rudolph Giuliani. Advogado pessoal de Trump, Guiliani tornou-se famoso por implementar a política de tolerância zero contra criminosos durante seus anos como prefeito de Nova York.

A agenda de Bolsonaro não tem nenhum encontro bilateral previsto com chefes de Estado ou de governo.

Entre outras pessoas, integram a comitiva de Bolsonaro a primeira-dama, Michelle, os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o médico Ricardo Camarinha.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.