Acessar o conteúdo principal
Covid-19

Após exames, Jair Bolsonaro afirma que não está com coronavírus

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira não estar contaminado pelo coronavírus
O presidente brasileiro Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira não estar contaminado pelo coronavírus REUTERS/Adriano Machado

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro testou negativo para coronavírus. O resultado foi anunciado nesta sexta-feira (13) em seu Facebook. O presidente estava sob suspeita após ter voltado de uma viagem aos Estados Unidos em que um dos membros da comitiva oficial teve sua contaminação confirmada.

Publicidade

Bolsonaro publicou em suas redes sociais uma imagem em que faz com o braço o gesto de uma banana e disse que fez os testes no Hospital das Forças Armadas e no Hospital Sabin.

Desde quinta-feira, quando o chefe da Secretaria Especial de Comunicação de seu governo, Fabio Wajngarten, recebeu o resultado positivo para o teste de coronavírus, os membros da comitiva presidencial passaram a ser monitorados.

O grupo, que passou quatro dias nos Estados Unidos, tinha ainda a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, os ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Fernando Azevedo (Defesa) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores), além do senador Nelsinho Trad (PSD-MS) e do deputado e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

O ministro Augusto Heleno também descartou pelas redes sociais estar contaminado pelo Covid-19.

O Brasil já tem mais de 75 casos confirmados em seu território, e 1.427 casos suspeitos, de acordo com o Ministério da Saúde.

Trump estaria preocupado

No último sábado, Bolsonaro e o chefe da Secom brasileira estiveram com o presidente norte-americano. Trump passou, ao menos, dez minutos em contato direto com o grupo de brasileiros que visitou sua casa em Mar-a-Lago, segundo o jornal Folha de São Paulo.

Wajngarten chegou a publicar fotos do encontro com Trump e seu vice, Mike Pence, nas redes sociais.

Uma fonte próxima a Trump, de 73 anos, afirmou à televisão CNN que ele estaria preocupado com a possível contaminação.

No vizinho Canadá, a esposa do primeiro-ministro, Sophie Grégoire-Trudeau, testou positivo para o Covid-19, Justin Trudeau permanece em isolamento.

Bolsonaro pediu para evitar manifestação

Na terça-feira (10), em Miami, Bolsonaro chegou a se referir a epidemia do coronavírus como uma "fantasia". "Muito do que tem ali é muito mais fantasia, a questão do coronavírus, que não é isso tudo que a grande mídia propaga", disse a empresários.

Após a confirmação do caso de Wajngarten e o anúncio da OMS (Organização Mundial da Saúde) de que o mundo passa por uma pandemia devido ao Covid-19, Bolsonaro fez um pronunciamento à nação na quinta à noite em que pediu para que as pessoas repensem a participação em uma manifestação contra o Congresso que estava marcada para domingo (15).

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.