Acessar o conteúdo principal
Saude/Gripe A

OMS alerta para casos de narcolepsia em crianças vacinadas contra a gripe A

Vacina contra a gripe A poderia ter provocado aumento de casos de narcolepsia no norte da Europa.
Vacina contra a gripe A poderia ter provocado aumento de casos de narcolepsia no norte da Europa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) quer realizar investigações sobre o aumento de casos de narcolepsia registrado entre crianças vacinadas contra o vírus da gripe H1N1 em 2009, principalmente no norte da Europa. Em países como a Finlândia, o número de doentes triplicou nos últimos dois anos.

Publicidade

A OMS constatou um aumento importante de casos da doença em crianças vacinadas durante a epidemia de gripe A. “Desde agosto de 2010, após a vacinação contra o vírus H1N1, casos de narcolepsia, principalmente em crianças e adolescentes, foram constatados em pelo menos 12 países”, informou a organização em um comunicado oficial. Os países mais atingidos foram a Suécia, a Finlândia e a Islândia.

O problema veio à tona quando as autoridades sanitárias finlandesas, diante do aumento de casos de narcolepsia no país, constataram que 90% dos doentes haviam sido vacinados contra a gripe A. Segundo eles, a vacina Pandemrix, do laboratório GlaxoSmithKline (GSK), poderia ter contribuído para a multiplicação de casos em 2009 e 2010.

Pelo menos 60 crianças e adolescentes com idades entre 4 e 19 anos apresentaram sintomas da doenças, um número três vezes maior que a média registrada no país nos dois anos anteriores. A narcolepsia, ou doença de Gélineau, é uma enfermidade neurológica que provoca crises de sono incontroláveis e inesperadas.

Diante da constatação, a OMS aconselha a realização de investigações aprofundadas para avaliar a possível ligação entre a vacina e o aumento de casos de narcolepsia. O Instituto Nacional Finlandês de Saúde concorda que estudos mais detalhados devem ser feitos, mas estima que “a associação observada é tão evidente que é improvável que outros fatores, ditos colaterais, possam explicar o fenômeno”.

Mais de 90 milhões de pessoas em 19 países foram vacinadas contra a gripe H1N1 durante a epidemia em 2009.

 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.