Acessar o conteúdo principal
Evolução Inovação

Relatório da OMS alerta sobre consumo excessivo de álcool

Áudio 13:30
Brasil tem quarto maior consumo de álcool das Américas diz OMS
Brasil tem quarto maior consumo de álcool das Américas diz OMS Reuters

O consumo excessivo do álcool é responsável pela morte de 2,5 milhões de pessoas por ano e está na origem de muitas doenças e traumatismos não fatais em todo o mundo. Essa é uma das principais informações contidas no mais recente relatório sobre a situação global do consumo do álcool e a saúde, publicado pela Organização Mundial da Saúde. Diante desse quadro, a OMS insiste que é preciso tomar medidas urgentes para reduzir o consumo excessivo e nocivo de bebidas alcóolicas. O relatório anual reúne dados sobre o uso do álcool em vários países e suasconsequências para a saúde, o que permite deduzir que o excesso do consumo é a causa direta de cerca de 4% de todos as mortes e principal fonte de 60 tipos de doenças e traumatismo, sendo uma causa secundária para outras 200.O documento revela ainda que o álcool é um dos principais fatores de riscos de morte para homens entre 15 e 59 anos e além de estar na origem de caos de violência e doenças cardiovasculares.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.