Acessar o conteúdo principal
saúde/alemanha

Pepinos espanhóis teriam provocado contaminação na Alemanha

Pepinos espanhois que podem ter provocado contaminação na Alemanha.
Pepinos espanhois que podem ter provocado contaminação na Alemanha. Reuters

A Comissão Europeia lançou um alerta nessa quinta-feira: pepinos importados da Espanha seriam o vetor de transmissão da bactéria E. coli enterohemorrágica (ECEH), que causou a morte de pelo menos quatro pessoas nos últimos dias na Alemanha e infectou outras dezenas na Suécia, na Dinamarca, no Reino Unido e na Holanda.

Publicidade

Victória Álvares, em colaboração para RFI

Os pepinos seriam originários das regiões de Málaga e Almeria. As autoridades espanholas já estão mobilizadas tentando localizar a plantação contaminada para em seguida descobrir as causas da contaminação. Esta informação será extremamente importante, pois ela vai permitir a identificação de outros países que possam ter importado pepinos do mesmo lote. Um outro lote de pepinos holandeses também está sendo analisado para verificar se foram contaminados.

O país mais afetado foi a Alemanha, onde 214 pessoas estão infectadas pela bactéria ECEH, sendo 68% dos casos são mulheres. Mas a contaminação aconteceu em diversos países europeus: 10 pessoas estão infectadas na Suécia, 4 na Dinamarca, 3 no Reino Unido e 1 na Holanda.

Também é conhecida como síndrome urêmico-hemolítico, a infecção pela bactéria ECEH causa hemorragias no sistema digestivo, diarreias, dores de cabeça e fortes contrações abdominais.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.