Acessar o conteúdo principal
Prefeituras/Aquecimento global

Milhares de prefeituras pelo mundo se unem contra o aquecimento global

Anunciada a criação da Convenção Mundial dos Prefeitos pelo Clima e Energia.
Anunciada a criação da Convenção Mundial dos Prefeitos pelo Clima e Energia. Wikipedia

As duas principais alianças municipais contra o aquecimento global, a Convenção dos Prefeitos da União Europeia e o Pacto dos Prefeitos (que reúne cidades do mundo todo), se uniram nesta quarta-feira (22) para criar a Convenção Mundial dos Prefeitos pelo Clima e Energia.

Publicidade

Essa será a maior coalizão de prefeitos e o objetivo será promover e apoiar ações voluntárias de combate às mudanças climáticas e a busca por uma baixa emissão de gases de efeito estufa.

A nova entidade terá a participação de mais de 7.100 cidades de 119 países, de seis continentes. O número representa mais de 600 milhões de habitantes, compondo 8% da população mundial. Michael R. Bloomberg, o Enviado Especial das Nações Unidas para cidades e mudanças climáticas e que vai co-dirigir a Convenção Mundial dos Prefeitos pelo Clima e Energia, disse que, pela primeira vez, prefeitos do mundo inteiro unem esforços para lutar contra as mudanças climáticas, guiados por uma única entidade.

“Na união existe força, essa nova Convenção vai ajudar a acelerar o progresso que as cidades já vêm fazendo e aumentar a influência global das mesmas. Esse é um salto gigante para conseguir alcançar as metas que as nações definiram em Paris [na COP21]”, disse Bloomberg, que também é ex-prefeito de Nova York, nos Estados Unidos, e foi um dos líderes do Grupo C40, de Grandes Cidades Para a Liderança Climática, do qual Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador fazem parte.

Uma nova plataforma para comparação de dados

A nova Convenção vai criar uma plataforma online comum a todas as cidades participantes, que vai reunir dados relevantes em relação à energia e ações pelo clima. O trabalho já vinha sendo feito pelas duas convenções originais e irá permitir uma comparação dos progressos de cada cidade. Essas informações vão estar disponíveis em janeiro de 2017 no novo site da Convenção Global dos Prefeitos, segundo nota oficial da Comissão Europeia.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.