Acessar o conteúdo principal
Cinema

Festival de Berlim abre espaço para filme experimental brasileiro

Áudio 01:35
Cena do filme Os residentes do diretor Tiago Mata Machado
Cena do filme Os residentes do diretor Tiago Mata Machado Melissa Dullius, Gustavo Jahn

“Os Residentes”, do diretor Tiago Mata Machado, foi o segundo longa-metragem brasileiro exibido no Festival Internacional de Cinema de Berlim, após Tropa de Elite 2. Sem uma narrativa linear, o filme conta a história de um grupo de ocupantes de uma casa que está para ser demolida. “Os Residentes” foi premiado nos festivais de Brasília e Tiradentes. Em Berlim, ele começa sua carreira internacional, como parte da mostra paralela Fórum, especializada em filmes experimentais e de cineastas jovens. A seção não dispõe de premiação oficial, mas os filmes exibidos nela concorrem a prêmios oferecidos por diversas entidades independentes. Para o diretor Tiago Mata Machado, “Os Residentes” é uma espécie de colagem, um filme de arte com diversas facetas. Ouça a entrevista concedida a Márcio Damasceno, correspondente de RFI em Berlim.  

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.