Acessar o conteúdo principal
Cultura

Obra de artista portuguesa é censurada em Versalhes

Áudio 04:11
Obra 'Gardes' da artista portuguesa Joana Vasconcelos.
Obra 'Gardes' da artista portuguesa Joana Vasconcelos. Foto: Taíssa Stivanin/RFI

A artista portuguesa Joana Vasconcelos é a primeira mulher da história a expor no palácio de Versalhes, uma honra reservada aos maiores nomes da arte contemporânea, como Jeff Koons, Takashi Murakami ou ainda Xavier Veilhan e Bernar Vernet. As 15 obras monumentais de Joana, que se inspiram de suas raízes e do universo feminino e feminista que a cerca, estarão expostas até o dia 30 de setembro nos salões de Versalhes. Uma delas, chamada 'Noiva', que reúne 25 mil absorventes internos, acabou sendo censurada pela direção do palácio, como nos explicou Jean François Chougnet, o comissário da exposição.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.