Acessar o conteúdo principal

Madri expõe exotismo na pintura de Gauguin

Áudio 06:00
O quadro "Mata Mua" é uma das telas de Gauguin inspiradas por sua viagem ao Taiti.
O quadro "Mata Mua" é uma das telas de Gauguin inspiradas por sua viagem ao Taiti. @Museo Thyssen-Bornemisza

O museu espanhol Thyssen-Bornemisza comemora seus vinte anos com uma viagem a terras exóticas na companhia de Paul Gauguin. O fio condutor da mostra é a estadia do pintor francês em Taiti no final do século 19, uma experiência que provocou a renovação da sua linguagem criativa.Neste programa, a curadora Paloma Alarcó explica que Gauguin foi o pioneiro de uma nova corrente de interesse nas culturas primitivas e no exótico. Seu trabalho influenciou outros artistas no início do século 20, como Matisse , Kandinsky e Klee.A mostra reúne 111 obras cedidas por museus e coleções particulares de todo o mundo e fica em cartaz em Madri até o dia 13 de janeiro.Esta edição do Agenda Europa também fala sobre a homenagem do Festival de Outono em Paris à coreógrafa francesa Maguy Marin e sobre a exposição “O Lar – Um Espaço e um Estado de Espírito” em Helsinque, cidade que este ano ostenta o título de capital europeia do design. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.