Acessar o conteúdo principal
Cultura

"Lembranças do sítio" relembra infância da escritora brasileira Mazé

Áudio 05:12
Capa do livro "Lembranças do sítio", ilustrado por Lourdes de Deus.
Capa do livro "Lembranças do sítio", ilustrado por Lourdes de Deus. Divulgação

Mazé Torquato Chotil viveu em um sítio até os seis anos de idade. Foi desta experiência de sua tenra infância que ela extraiu a inspiração para criar os textos do seu novo livro "Lembranças do sítio", editado pela ADC. Lançada no sábado, na Casa do Brasil, em Paris, a obra propõe uma deliciosa viagem pelas memórias de uma menina que vê, com um olhar doce e poético, os acontecimentos cotidianos de sua vida em meio à natureza. São 12 estórias, enfeitadas pelas cores e personagens da pintora naïf Lourdes de Deus, que vive no Brasil.O fogo, O banho, Para amadurecer bananas, Festival de cores, Odores de terra molhada, Medo de bicho e Casamento no sítio são alguns dos textos que nos fazem descobrir o universo rural da autora.Mazé, que é jornalista, pesquisadora e doutora em Ciências da Informação e da Comunicação pela Université Paris VIII, já publicou dois outros livros: "Minha Paris Brasileira" e "Ouvrière chez Bidermann", em que conta a vida de operárias de uma indústria de confecção.   

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.