Acessar o conteúdo principal
Cannes/Cinema

França recebe mundo da 7ª arte no Festival de cinema de Cannes

O diretor norte-americano Steven Spielberg preside chegou nessa quinta-feira em Cannes, onde preside o juri da 66ª edição do festival de cinema.
O diretor norte-americano Steven Spielberg preside chegou nessa quinta-feira em Cannes, onde preside o juri da 66ª edição do festival de cinema. REUTERS/Eric Gaillard

Começa nessa quarta-feira a 66ª edição do Festival de Cannes. O filme "O Grande Gatsby", de Baz Luhrmann, abre o evento que celebra até o próximo dia 26 de maio os principais nomes da 7ª arte. Vários jurados chegaram na estância balneária já na terça-feira, onde se reuniram à portas fechadas com Steven Spielberg, o presidente do júri desta edição da cerimônia. O Brasil é representado pelo curta-metragem "Pouco mais de um mês", de André Novais Oliveira, que participa da mostra paralela Quinzena dos Realizadores. 

Publicidade

Até o dia 26 de maio o mundo do cinema tem encontro marcado em Cannes. A cidade da Riviera Francesa se transforma para receber as estrelas da 7ª arte, mas também cinéfilos e atores do mercado cinematográfico de todo o planeta.

A cerimônia de abertura da 66ª edição do festival, comandada pela atriz francesa Audrey Tautou, será marcada pelo projeção do filme O Grande Gatsby, história baseada na obra de Francis Scott Fitzgerald e adaptada desta vez para as telonas pelo diretor australiano Baz Luhrmann. Estrelada por Leonardo DiCaprio, a produção que está fora da competição é uma das mais esperadas do ano. A apresentação do filme será seguida de uma festa para a qual, além das celebridades, 800 moradores de Cannes foram convidados.

A seleção oficial dos concorrentes à Palma de Ouro, o principal prêmio do festival, conta com vários veteranos, como Roman Polanski, os irmãos Coen e Steve Soderbergh. A franco-italiana Valeria Bruni-Tedeschi, irmã mais velha de Carla Bruni, é a única mulher com um filme na corrida pela trofeu. O júri deste ano, que conta com nomes como o do cineasta taiwanês Ang Lee, o ator francês Daniel Auteil ou ainda a atriz australiana Nicole Kidman, é comandado pelo diretor norte-americano Steven Spielberg, que chegou a Cannes na véspera da abertura, onde já se encontrou, à portas fechados, com alguns dos jurados.

O Brasil será representado por Pouco mais de um mês, de André Novais Oliveira. O curta-metragem integra a seleção da Quinzena dos Realizadores, mostra paralela do festival que destaca os primeiros trabalhos dos diretores.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.