Acessar o conteúdo principal
França/Moda

Semana de moda para mulheres “plus size” começa em Paris

Cartaz na semana de moda plus size em Paris.
Cartaz na semana de moda plus size em Paris. Divulgação

Em um momento em que o Parlamento francês quer banir a magreza excessiva das passarelas, a “Pulp Fashion Week" festeja as mulheres com formas generosas. A semana dedicada à moda “plus size” começa neste sábado (11) em Paris.

Publicidade

Na capital mundial da alta costura, a “Pulp Fashion Week” tenta impor outros padrões de beleza no meio da moda. Para o evento, que acontece neste final de semana, 24 modelos foram selecionadas em várias cidades da França.

Segundo Blanche Kazi, organizadora pelo terceiro ano consecutivo, as mulheres escolhidas devem ter formas “harmoniosas” e vestir manequim entre 40 (equivalente ao 42 no Brasil) e 56 (58, no Brasil). A prova de que aquilo que se vê nas passarelas não corresponde à realidade das ruas- mesmo em um país onde as mulheres são conhecidas por serem magras- vem do instituto IFTH. Segundo a entidade francesa do setor têxtil, o tamanho 40 é o mais vendido nas lojas francesas e 40% das mulheres no país vestem mais de 44.

Mas, apesar dessa constatação, as grifes ainda mostram grande resistência em se interessar por esse grande grupo de mulheres. Blanche Kazi decidiu apostar nesse segmento após a sua gravidez. “Passei do manequim 36-38 para 42-44. Não conseguia mais me vestir da maneira que eu queria. (…) Decidi, então, mudar as coisas no mundo da moda”, avaliou. Segundo Kazi, as roupas para as mulheres que não se encaixam no padrão de top model são “tristes, cafonas e sem nenhuma originalidade”.

Semana francesa de moda plus size ainda é modesta

Se em Nova York, Londres e Berlim, as modelos de formas mais generosas já conseguem maior espaço, em Paris, a semana plus size ainda não é um marco do calendário da moda. “Temos 20 anos de atraso na abordagem das diferenças”, lamenta Kazi. Ela também quer aproveitar esse final de semana para tentar derrubar o preconceito contra mulheres consideradas “fora de forma”. “As pessoas não são gordas apenas porque comem demais”, disse.

Kim Kardashian é exemplo de beleza

Para os desfiles desse final de semana, cerca de 20 marcas novas vão exibir suas coleções, como Oliver Young, Olivier Wartowski e Jean-Ida Créations. Fora das passarelas, grandes varejistas como Navabi, Asos curve, H&M e Monif C também apostam em modelagens para todos os tipos de corpo.

A socialite americana Kim Kardashian, conhecida pelas suas formas generosas, é uma inspiração para muitas modelos que participam da “Pulp Fashion Week”. “[Ela] colocou o bumbum grande na moda. Isso nos deixa muito felizes”, disse a modelo plus size Clémentine Desseaux. Mas ela lamenta que ainda haja pouco espaço para essas modelos na mídia. “Em geral, [estamos nas] capas de revista uma vez por ano.”

A "Pulp Fashion Week" acontece neste sábado e domingo no Salon Hoche em Paris. A entrada, para profissionais e grande público, custa € 15.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.