Acessar o conteúdo principal
Cultura

Em Paris, trio musical EKOA dá sopro novo à MPB

Áudio 07:40
Kleber Serrado eTheo Cancello (à esq.)  e Bruno Conde, em entrevista à jornalista Leticia Constant, no estúdio da RFI, em Paris.
Kleber Serrado eTheo Cancello (à esq.) e Bruno Conde, em entrevista à jornalista Leticia Constant, no estúdio da RFI, em Paris. DR

Quando se fala aqui na França em música popular brasileira, entre os conhecedores do assunto as referências são os grandes compositores que fizeram história como Baden Powell, Vinícius, Chico e tantos outros; numa corrente mais moderna, Lenine e Seu Jorge têm muitos admiradores também. Mas a lista dos que entendem do assunto certamente vai aumentar depois da vinda do trio musical santista EKOA à cidade.

Publicidade

Eles são jovens, talentosos, criativos e transbordam musicalidade. Vindos da cidade paulista de Santos, estão em Paris encerrando uma agenda de shows que também incluiu uma apresentação em Londres.

Três amigos, antes de tudo

O nome EKOA não foi escolhido por acaso. De origem tupi-guarani, a palavra tem um sentido de abrigo, de reunião de amigos, de lugar de encontro. Para eles, este é mesmo o espírito do trio, um encontro de amigos a fim de "materializar a gratidão pela música, pela arte e pela vida", como está escrito no site do grupo.

Em entrevista exclusiva à redação brasileira da Rádio França Internacional, o trio formado por Theo Cancello (teclados), Bruno Conde (violão) e Kleber Serrado (voz e percussão) nos faz descobrir um pouco de sua estória, revelando uma música popular brasileira renovada, porém, de raiz, com arranjos impecáveis e uma finura a toda prova.


Clique acima em Ouvir e curta a entrevista!

 

 

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.