Acessar o conteúdo principal
França/Moda

Filha da estilista Sonia Rykiel conta luta da mãe contra mal de Parkinson

Sonia Rykiel e Nathalie Rykiel no final do desfile primavera-verão 2008.
Sonia Rykiel e Nathalie Rykiel no final do desfile primavera-verão 2008. DR

Nathalie Rykiel conta em um livro lançado esta semana a luta de sua mãe, Sonia, contra o mal Parkinson. A filha da estilista relata em um depoimento emocionante como a doença mudou a relação das duas e como a “rainha do tricô” se transformou em “uma criança”.

Publicidade

No mundo da moda francesa todos conhecem o nome de Sonia Rykiel. Estilista emblemática dos anos 1970, a ruiva com ares de feiticeira ficou famosa por seu trabalho com o tricô, suas criações em malhas listradas, seu engajamento pela liberação das mulheres e suas modelos que desfilavam sorridentes e saltitantes, enquanto a regra ditava posturas mais contidas nas passarelas. Mas quem transita no mundinho da moda parisiense também conhece a relação intensa de Sonia com sua filha Nathalie.

De musa a cúmplice, a herdeira foi modelo, dirigiu desfiles e chegou a presidir a empresa da mãe, até que a marca fosse comprada pelo grupo First Heritage Brands, de Hong Kong. “Eu dediquei minha vida a construção da imagem de minha mãe, eu sei o mito, o ícone que ela é”, relata Nathalie, que acaba de lançar na França o livro “4 décembre” (4 de dezembro, data de nascimento de Sonia), pela editora Plon, no qual relata a história de seu ídolo, mas também a luta da estilista contra o mal de Parkinson. “Eu conto sua ascensão, esse destino inacreditável, e também como essa mulher pôde acabar de forma tão terrível”.

“Esse livro não é uma terapia”, insiste Nathalie, mesmo se o relato da trajetória da família Rykiel soa como tal. Como quando ela conta a relação complexa com o irmão Jean-Philippe, deficiente visual, que se tornou músico, e que recebia todas as atenções, ou ainda ao falar do pai ausente durante parte de sua vida. “Há momentos muitos duros no ato de escrever, mas também há muito prazer”, diz Nathalie, que já publicou dois livros no passado, um deles já homenageando a mãe.

Mas o ponto alto da publicação é a transformação de sua relação com a estilista, de 85 anos. Sonia Rykiel revelou que sofria do mal de Parkinson em 2012. Aos poucos “a mãe se tornou a filha”, como relata Nathalie, e as duas se tornaram ainda mais inseparáveis. “Eu vivo praticamente com ela, pois moro no andar de baixo e a vejo diariamente. Há momentos em que estou ansiosa e em pergunto quanto tempo ela ainda vai viver”.

(Com informações da AFP)

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.