Acessar o conteúdo principal

Kirk Douglas, lenda viva do cinema, completa 100 anos

Kirk Douglas em foto tirada em 1° de outubro de 2016, em Los Angeles, festeja seu centésimo aniversário
Kirk Douglas em foto tirada em 1° de outubro de 2016, em Los Angeles, festeja seu centésimo aniversário Alberto E. Rodriguez/Getty Images for MPTF/AFP

Kirk Douglas festeja seu centésimo aniversário nesta sexta-feira (9), em Los Angeles, com uma grande festa. O ator marcou a história do cinema com dezenas de papéis fascinantes, entre eles, Spartacus e o inesquecível marinheiro Ned, de Vinte Mil Léguas Submarinas.  

Publicidade

A imprensa cinematográfica mundial estampa hoje o centenário de "um gigante", "uma lenda viva", "um monstro sagrado".

Kirk Douglas sopra 100 velinhas rodeado por seu igualmente famoso filho, Michael Douglas, sua esposa, os outros membros de sua família e muitos amigos. Foi Michael que organizou a grande festa para mais de 200 pessoas. Profissional como sempre, Kirk ensaiou um curto discurso de agradecimento durante várias semanas, com a ajuda de um terapeuta, a ser pronunciado na hora de cortar o bolo. Ele tem problemas de locução desde que sobre um derrame cerebral em 1996, o que o obrigou a dizer adeus à Sétima Arte.

Carreira longa e gratificante

Kirk Douglas rodou cerca de 90 de filmes, sendo uma das maiores estrelas de Hollywood na sua época áurea. Durante 50 anos, ele interpretou um número impressionante de obras-primas, nos papéis mais variados: lutador de boxe em "O Grande Ídolo" (1949), pintor atormentado em "A Vida Apaixonada de Van Gogh" (1956), escravo revoltado em Spartacus (1960), entre dezenas de outros.

Indicado várias vezes ao Oscar, nunca recebeu a estatueta de melhor ator. A injustiça foi reparada em 2008, quando a Academia lhe ofereceu um Oscar de honra pelo conjunto de sua obra.

Família de imigrantes

O nome verdadeiro de Kirk Douglas é Issur Danielovitch; ele nasceu em Nova Iorque em 9 de dezembro de 1916, em uma família de imigrantes judeus. Sem muitos recursos, inscreveu-se em um grupo de teatro a fim de obter uma bolsa de estudos.

Sua estreia nas telas aconteceu em 1946, no longa "O Estranho Amor de Martha Ivers" (1946).

Na vida pessoal, o ator se casou duas vezes. A primeira com Diana Dill (1943 -1951), com quem teve os filhos Michael, que seguiria seus passos no cinema, e Joel Douglas.

Com Anne Boydens (desde 1954) ele também teve dois filhos: o produtor Peter Vicent e o ator Eric, que morreu de uma overdose, em 2004.

Hoje, Kirk Douglas se dedica à sua fundação para crianças deficientes. Ele também é um amante da escrita, já tendo publicado dez livros.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.