Acessar o conteúdo principal

Site musical Pitchfork elege as 10 melhores canções dos anos 2000

Os integrantes do grupo Yeah Yeah Yeahs
Os integrantes do grupo Yeah Yeah Yeahs Divulgação

O site norte-americano Pitchfork, espécie de bíblia da música independente, elegeu nesta semana as 10 melhores canções dos anos 2000 (veja vídeo no final da reportagem).

Publicidade

No topo da lista está “B.O.B” (2000), da dupla de hip hop Outkast. Eles ficaram mundialmente famosos com o hit dançante “Hey Ya”, que fez todo mundo “shake like a Polaroid Picture” (balançar como uma foto Polaroid).

Em segundo lugar ficou “All My Friends” (2007), do grupo de dance-rock nova-iorquino LCD Soundsystem, liderado pelo cantor, compositor e produtor americano James Murphy. Segundo o site, “’é uma canção para o fim de uma festa nostálgica em casa, seja ela real ou inventada”.

A polêmica e explosiva M.I.A, cantora inglesa de origem tâmil, aparece na terceira posição com "Paper Planes" (2007), que utiliza na faixa o som de caixas registradoras, como já havia feito o grupo Pink Floyd em "Money".

A superstar Beyoncé não apenas entrou na lista, como abocanhou o quarto lugar, com o hit arrasa-quarteirão “Crazy in Love” (2003), com participação do marido, Jay Z, que produziu a faixa.

Daft Punk representa a França

A França está representada pela dupla eletrônica Daft Punk e o sucesso “One More Time”, em quinto lugar, que fez os corpos chacoalharem nas pistas de dança de todo o mundo no início da década. “A faixa consegue reunir toda a história do house e do pop girando sob um globo espelhado robótico”, descreve a Pitchfork.

No número 6, a enigmática balada “Maps” (2003), do grupo Yeah Yeah Yeahs. “Karen O. canta ‘espera, eles não te amam como eu te amo’ e conseguiu um lugar entre as canções de amor atemporais”, diz o site.

Depois vêm “Get Ur Freak On” (2001), da rapper norte-americana Missy Elliot; “Idioteque” (2000), do grupo inglês Radiohead; "My Girls" (2009), do Animal Collective; e "Neighborhood #1" (2004), do grupo canadense Arcade Fire. A canção eletrônica do Radiohead é descrita como ”o centro magnético do disco emblemático 'Kid A'”.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.