Acessar o conteúdo principal
Cultura

Festivais de verão animam os quatro cantos da França

Áudio 06:25
Festival de rock Eurokéennes acontece no leste da França de 6 a 9 de julho 2017.
Festival de rock Eurokéennes acontece no leste da França de 6 a 9 de julho 2017. territoiredebelfort.fr

É verão na França e é época de festivais. Tem de tudo: de música, de comida, de cinema, de teatro, de dança, de bebidas, de yoga nas principais cidades e em muitos vilarejos do país. Tem até um Festival de Filmes de Bunda, dedicado a filmes eróticos, no conceituado Forum les Halles, de Paris.

Publicidade

São mais de 885 eventos em todos os cantos da França durante o período. Um dos maiores festivais de rock é o Eurockéennes, que reúne um público de mais de cem mil pessoas, e acontece em Belfort, no leste da França, de 6 a 9 de julho. A banda inglesa Savages, só de mulheres, vai ser uma das atrações.

Sons, todos os sons

Perto de Paris, os destaques vão para a primeira edição francesa do Lollapalooza, com Red Hot Chili Peppers, entre outros, e o Rock en Seine, que acontece em Saint Cloud, a oeste de Paris, de 25 a 27 de agosto, que vai ter a participação de grupos veteranos como Franz Ferdinand e The Jesus and Mary Chain, mas também de sons novos como o do Lemon Twigs.

Mas o campeão de público de festivais de verão na França é o Intercéltico de Lorient, na Bretanha, oeste da França, que atraiu quase 700 mil pessoas em 2016. É uma ode à cultura celta, povo que dos séculos 8 e 3 antes de Cristo estava presente em quase toda a Europa. Música, exposições, jogos, vale tudo com motivo celta.

Seu Jorge e Bowie

Ou seja, tem festival para todos os gostos. Muito jazz, flamenco, tambores e tango. Seu Jorge e Bexiga 70 vão estar no Jazz en Vienne. Seu Jorge, aliás, está correndo a Europa com o seu espetáculo voz e violão em que interpreta covers de David Bowie, retomando o personagem que interpretou no filme “A Vida Aquática”, de Wes Anderson.

A música clássica também tem espaço no verão francês, com operas e instrumentais. O de la Roque d’Anthéron, por exemplo, tem só piano. Um dos destaques é Nelson Freire, presença frequente no evento, que se apresenta no dia 14 de agosto.

E no alto de um vilarejo nos Alpes, Villard Saint-Pancrace, o instrumento de honra é o cello. É o Festival Violoncelles em Folie, em sua 12ª edição, que acontece de 7 a 15 de julho, criado pelo brasileiro Fernando Lima Albuquerque, com professores e artistas convidados de toda a Europa.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.