Acessar o conteúdo principal
Economia

Agência estatal de empregos na França faz greve

Áudio 03:39
Greve denuncia sobrecarga da agência  Pôle Emploi, de apoio aos desempregados na França
Greve denuncia sobrecarga da agência Pôle Emploi, de apoio aos desempregados na França Lulu97417/Wikipédia

Em plena crise econômica na zona do euro, uma nova greve esta semana na agência do governo responsável pelo emprego na França quer denunciar o aumento da demanda pelo serviço público de orientação profissional e reinserção no mercado de trabalho. A agência Pole Emploi, polo de empregos em português, foi criada em 2008, pela fusão de outros dois sistemas de proteção e apoio ao trabalho e conta, segundo dados relativos ao mês de setembro, com 4 milhões e 175 mil pessoas inscritas. O número é 4,5% superior ao do mesmo período de 2010. A RFI conversou com Sylvie Brouh, secretária regional do Sindicato Nacional Unitário do Pole Emploi, sobre as condições de trabalho dos cerca de 50 mil agentes do serviço, cujo orçamento 2012 está sendo discutido atualmente no Parlamento, e com o fisioterapeuta desempregado, Benjamin Lacroix-Desmazes.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.