Acessar o conteúdo principal
Economia/redes sociais

Twitter anuncia pedido de entrada na bolsa de valores

Um tuíte da empresa Twitter anunciando seu pedido de entrada na bolsa de valores.
Um tuíte da empresa Twitter anunciando seu pedido de entrada na bolsa de valores. REUTERS/Hyungwon Kang

Seguindo os passos do Facebook, o Twitter prepara sua entrada na Bolsa. O anúncio foi feito nesta quinta-feira  e o mercado já aguarda com expectativa o lançamento das ações do microblog. 

Publicidade

O Twitter encaminhou nesta quinta-feira toda a documentação necessária para a autoridade americana que controla a bolsa de valores (SEC, na sigla em inglês) analisar seu pedido de entrada no mercado de ações.

A empresa anunciou pelo próprio, twitter, claro, que optou por uma Oferta Pública de Ações planificada. Depois do Facebook, a primeira rede social a entrar na bolsa, em 2012, o mercado esperava este anúncio do Twitter que tem mais de 200 milhões de usuários pelo mundo escrevendo mensagens em apenas 140 caracteres.

Segundo especialistas, a empresa vale entre 10 e 15 bilhões de dólares.O grupo vem preparando há vários meses seu lançamento e até anunciou na terça-feira passada a compra de MoPub, uma start-up dedicada à publicidade em dispositivos móveis.

O desafio do Twitter é que sua entrada na bolsa seja um sucesso, o que não aconteceu com o Facebook. A rede social fundada por Mark Zuckerberg teve uma série de problemas e as ações despencaram já no segundo dia de operações. A recuperação demorou mais de um ano.

O Twitter pode se beneficiar de uma nova lei americana que permite uma entrada "confidencial"na bolsa, ou seja, a empresa não é obrigada a revelar seus resultados financeiros até 21 dias antes do famoso "roadshow", a reunião na qual banqueiros e dirigentes apresentam suas futuras ações a investidores institucionais.

Alguns experts consideram que se o Twitter optar por essa estratégia, é porque tem algo a esconder, o que pode gerar desconfiança no mercado.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.