Acessar o conteúdo principal
Economia/ telecomunicações

Bouygues pode demitir até 20 mil funcionários

Sede da Bouygues Telecom em Issy les Moulineaux, próximo de Paris.
Sede da Bouygues Telecom em Issy les Moulineaux, próximo de Paris. Reuters

Uma das principais companhias de telecomunicações da França, a Bouygues Telecom, poderá demitir até 2 mil pessoas, de acordo com sindicalistas do grupo. O número de demissões representaria até 23% do quadro de pessoal da empresa.

Publicidade

As informações foram publicadas no jornal Le Figaro desta segunda-feira (12). Atualmente, a Bouygues emprega 9 mil funcionários. Entre 1,5 mil e 2 mil poderiam ser demitidos.

A onda de fechamentos de vagas seria uma consequência direta do recente fracasso na compra de outra companhia de telecomunicações, a SFR, uma operação que teria feito a Bouygues ampliar o seu espaço no mercado. A SFR acabou adquirida pela concorrente Numericable.

Nesta segunda, a empresa preferiu não comentar os rumores sobre as demissões, que circulam nos corredores, conforme os sindicatos de trabalhadores. O grupo vai apresentar o balanço financeiro do primeiro trimestre nesta quinta-feira.

“Os rumores foram propagados por altos diretores e se disseminaram pela empresa”, relata Azzam Ahdab, do sindicato CFDT. “Nossas preocupações já vêm de longa data.”

Se a informação for confirmada, os representantes dos trabalhadores prometem exigir “condições satisfatórias” de um eventual plano de demissões voluntárias, “considerando os bilhões que a direção estava disposta a pagar pela SFR”, destaca Ahdab.

Mudanças no mercado

A Bouygues foi a principal vítima da chegada da operadora Free no mercado de telefonia móvel francês, com preços bastante abaixo dos praticados pelas companhias tradicionais do país. Em dois anos, a Bouygues perdeu 200 mil clientes e teve uma forte queda de faturamento, já que 18% dos clientes migraram para o plano de baixo custo que a empresa foi obrigada a criar, o B & You.

O grupo aposta na expansão do serviço 4G para compensar as perdas. Atualmente, oferece a maior cobertura da França. Conforme Le Figaro, o próximo passo será diminuir os custos de operações. Para isso, a Bouygues deve simplificar as opções de planos de telefonia.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.